Vídeos

Loading...

quinta-feira, 31 de março de 2011

Lá no fundo eu sei que todos os sorrisos são um forma subliminar de tristeza e as lágrimas são superficiais. A cada dia fica impossível negar...
Eu já não tenho mais forças para sorrir e nem para chorar. Tudo tornou-se tão igual, que é difícil de distinguir alguma coisa.
Minha memórias tornaram-se fantasmas que assombram-me através das noites geladas. Dentro da minha cabeça tudo perdeu o sentindo, arealidade fundiu-se com a ilusão.
Eu tenho a sensação de que todos ao meu redor tentam ser eles mesmos, mas eu sei que tudo é a mais pura falsidade... Através dos olhares eu posso ver que nada está bem.
É como se meu mundo estivesse desmoronando sob meus pés.

Nenhum comentário:

Postar um comentário